fbpx

Teoria das inteligências múltiplas: o que é e como ajuda no aprendizado

    NextPrevious
    inteligência múltiplas

    Teoria das inteligências múltiplas: o que é e como ajuda no aprendizado

    Durante algum tempo, os métodos de ensino eram destinados a somente um tipo de inteligência, focado em cálculos e resultados. No entanto, com o passar dos anos, os estudiosos perceberam que as pessoas aprendem de formas diferentes. E foi aí que surgiu a Teoria das Inteligências Múltiplas.

    De acordo com ela, os estudantes também têm capacidade de aprender por outros meios, como desenhos, música, pintura, etc. Conheça, logo abaixo, do que se trata essa teoria e como ela pode ser aplicada.

    O que é a “Teoria das Inteligências Múltiplas”?

    A Teoria das Inteligências Múltiplas foi proposta por Howard Gardner, em 1983, e mudou a forma como entendemos a inteligência. De acordo com ela, quando se utiliza apenas um método, é possível que alguns alunos fiquem de fora do aprendizado.

    Por essa razão, é preciso identificar os tipos de inteligência existentes. Segundo o pesquisador, há 8 tipos ao todo, relacionados a áreas distintas do que pode ser aprendido. Assim, os tradicionais testes de QI já não fariam tanto sentido.

    Quais são esses 8 tipos de inteligência?

    Conheça, logo abaixo, os tipos de inteligência humana segundo Howard Gardner e como se constituem:

    1. Inteligência lógico-matemática

    A pessoa dotada dessa inteligência toma decisões mais baseadas na razão. Ela é descrita como a capacidade de resolver equações matemáticas e provas, de ter pensamento lógico, de constatar padrões, de fazer cálculos e de resolver problemas abstratos.

    Nesse sentido, o método de aprendizado ideal para esse tipo de inteligência é o que utiliza matemática e lógica. E as profissões mais indicadas são: contador, engenheiro, analista e cientista.

    2. Inteligência espacial-visual

    Ligado à percepção visual e espacial, à interpretação e à criação de imagens visuais e à imaginação pictórica, esse tipo de inteligência permite que as pessoas analisem gráficos e figuras geométricas.

    As profissões mais direcionadas são: artistas, arquitetos, fotógrafos, designers e escultores.

    3. Inteligência verbo-linguística

    Esse tipo de inteligência se refere tanto à capacidade escrita, quanto à oral. Ela se refere à capacidade do ser humano de se expressar, por meio de qualquer tipo de linguagem.

    Por isso, quem a detém deve buscar profissões como escritores, advogados, poetas, jornalistas, redatores e relações públicas.

    4. Inteligência interpessoal

    É a capacidade de reconhecer e entender os sentimentos, os desejos e as motivações de outras pessoas. Esse aprendizado está mais relacionado ao contato humano e ao trabalho em equipe.

    Logo, as profissões mais indicadas para quem tem essa inteligência são: terapeutas, psicólogos, médicos, analistas de recursos humanos, dentre outras.

    5. Inteligência intrapessoal

    Esse tipo de inteligência é próprio de pessoas que têm a capacidade de reconhecerem a si mesmas. Elas percebem seus próprios desejos e sentimentos muito mais facilmente.

    Como ela diz respeito à própria pessoa, pode estar ligada a qualquer profissão.

    6. Inteligência naturalista

    É a capacidade de compreender o mundo natural. A pessoa dotada desse tipo de inteligência é capaz de reconhecer diferentes tipos de plantas, animais e formações climáticas com muita facilidade.

    Esse tipo de inteligência está relacionado ao contato com a natureza e, por consequência, carreiras como a de biólogo são as mais indicadas.

    7. Inteligência corporal-sinestésica

    Implica no uso do próprio corpo para resolver os seus problemas. É a capacidade de controlar movimentos corporais, de equilíbrio, de coordenação e de expressão pelo corpo.

    As profissões ligadas a ela são dançarinos, atores, esportistas, mergulhadores, bombeiros, etc.

    8. Inteligência musical

    É o tipo de inteligência que possibilita ao indivíduo produzir, compreender e identificar diferentes tipos de sons e ritmos em músicas.

    A partir dela, profissões como a de músicos, compositores, DJs, cantores e produtores musicais são bem indicadas.

    Qual é a relevância da Teoria das Inteligências Múltiplas

    Ao ter consciência da Teoria das Inteligências Múltiplas, o educador poderá aplica-la na sala de aula. Dito isso, a partir do reconhecimento do tipo de inteligência de cada aluno, terá a possibilidade de adaptar a sua metodologia ao que mais é mais adequado para o seu desenvolvimento educacional.

    Por exemplo, de um estudante tem inteligência musical, é possível fazer uso de músicas em inglês para que ele amplie o seu vocabulário e conheça novas construções gramaticais. Lado outro, em alunos com inteligência verbo-linguísticas, os exercícios de conversação são muito bem-vindos.

    E aí, gostou de saber mais sobre a Teoria das Inteligências Múltiplas? Se você quer receber mais conteúdos como esse, curta a nossa página no Facebook!

    Leave a Comment

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    NextPrevious